“Tudo quanto não se dá, perde-se.”
Madre Teresa de Calcutá

O Banco de Bens Doados pretende-se afirmar como factor de inovação, promovendo parcerias com as empresas, as cadeias de distribuição, os hoteis, ao abrigo das quais lhe sejam encaminhados bens que apresentem eventualmente pequenos defeitos ou que já tenham sido objecto de uso, mas que, em ambos os casos, se encontrem ainda perfeitamente aptos a serem reutilizados, dotando-os de uma "nova vida", assim lhes evitando uma "morte prematura".

O BBD, nova área da ENTRAJUDA, tem um duplo objectivo:

- de carácter social, ao potenciar o trabalho das Instituições de Solidariedade Social, distribuindo-lhes bens e produtos doados por empresas e entidades em estado novo ou passíveis de reutilização;

- de carácter ambiental, ao contribuir para o aproveitamento ou correcta destruição de bens que deixaram de ter valor nas entidades doadoras e que, de outra forma, seriam desperdiçados com os inerentes custos ambientais.

A entrega profissionalizada e criteriosa de bens com utilidade social a Instituições de Solidariedade localizadas em território nacional, de cujas necessidades existe um profundo conhecimento, permitirá desenvolver uma estratégia contra a exclusão e a discriminação.


Desenvolvido por dJomba 2007